Jack Kirby era um imaginauta, um artista conceitual, responsável por colaborações que ora potencializavam as intenções do roteirista, ora ele mesmo, na condição de roteirista, dava vazão a conceitos brutos e ...
“Sempre adorada pelos poetas e solitários, a noite surge como um breve encanto, um feitiço destinado ao fim. Ela é como os sonhos. Através de suas ondas negras e infinitas, as ...