O segundo arco de Sandman compreende as edições de nove a dezesseis. Trata-se de uma inegável referência à lendária peça de Henrik Ibsen, Uma Casa de Bonecas; na qual, a protagonista percebe que sua vida inteira só serviu para completar o retrato de um lar perfeito. Primeiro para o pai, depois para o marido, como se fosse uma boneca numa casa de bonecas. Portanto, repousa ali uma história que gira em torno de manipulação e, tal como no teatro, será também a linha guia de Neil Gaiman na sequência de Prelúdios & Noturnos.

Outrossim, uma expansão de um tema introduzido lá atrás, na edição um, O Sono dos Justos, e que se desenvolve no decorrer de toda a série: o aprisionamento, a libertação. O prazer e o potencial da liberdade após o cativeiro físico ou emocional, seja por culpa do outro ou por sua própria. É nesse estado de coisas que daremos continuidade ao nosso projeto Sandman Anotado.

No Os Escapistas de hoje¹, o terceiro dessa série especial, Luwig Sá, Reginaldo Yeoman, Mauro Ellovitch e Cláudio Ellovitch irão discutir as quatro primeiras edições [de oito] de Casa de Bonecas [Sandman #9-12].

¹ Com áudio drama introdutório com as locuções/interpretações de Marlo Sousa e Do Vale.

***

Faça suas preces, pequenino… e aperte o Play!

***

E eis aqui suas opções:

Assine aqui Os Escapistas

iTunes

Spotify

Deezer

Google Podcasts

CastBox

DOWNLOAD

***

Citações do Casting :

***

Sandman: Prelúdios e Noturnos – Link Afiliado

Sandman: Casa de Bonecas – Link Afiliado

Sandman: Terra dos Sonhos  – Link Afiliado

Sandman: Estação das Brumas – Link Afiliado

Sandman: Prelúdio – Link Afiliado

***

Quer ajudar na manutenção do podcast? Compre seus gibis ou qualquer coisa por nossos links afiliados

***

Capa do álbum de Duran Duran, Rio [1982]; por Patrick Nagel

***

Dê seu feedback no Twitter ou escreva um e-mail para osescapistas@outlook.com

***

Link Afiliados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *